Página principal / Dicas de RH

19/12/2007

Dicas para a entrevista de emprego

Erika Migliano



Por mais que o profissional tenha feito dezenas de entrevistas no decorrer de sua carreira, sempre há dúvidas sobre o tema. As empresas têm perfis e culturas diferentes, por isso as exigências em relação ao perfil do profissional sempre mudam. Há, no entanto, algumas regras que continuam sendo úteis em qualquer entrevista para qualquer cargo e que, se seguidas à risca, ajudam o profissional a evitar vários erros que podem comprometer sua avaliação.

Antes de tudo, vale lembrar que numa entrevista o profissional jamais deve mentir. Ele pode até mesmo omitir algumas informações irrelevantes, mas mentir, nunca. A entrevista é o momento de "vender-se" e mostrar os diferenciais. E nessa "venda" é preciso destacar o que o profissional realizou de mais importante em sua carreira.

Objetividade

A objetividade na entrevista deve ser "dosada". Há profissionais que acreditam ter de contar toda a sua trajetória profissional em detalhes e acabam sendo prolixos, incomodando o entrevistador. Por outro lado, há os que têm receio de falar demais e acabam não falando nada, não perguntando nada e respondendo apenas o que o entrevistador pergunta. Cuidado: profissionais que não têm dúvidas, não falam e não questionam, também podem dar a entender que estão desinteressados pela vaga.

Vale lembrar que alguns selecionadores fazem "pegadinhas", deixando o profissional bastante à vontade para ver até onde ele chega. Por isso, ele nunca pode esquecer que está sendo avaliado.

Pontualidade

É importante chegar pelo menos 15 minutos antes do horário marcado para a entrevista, até mesmo para analisar o ambiente em que se pretende trabalhar. Nada de chegar atrasado ou com uma hora de antecedência.

Prepare-se

O profissional deve se preparar para a entrevista, reavaliar sua trajetória e fazer uma retrospectiva de sua carreira. É fundamental avaliar os pontos fortes e os que precisam ser desenvolvidos, os resultados mais significativos no tempo em que ficou em cada empresa, as promoções pelas quais passou e o motivo da saída. Essas são respostas que devem ser preparadas antes, pois todo entrevistador questiona sobre um case de sucesso ou de fracasso, e muitas vezes o profissional não sabe responder simplesmente porque nunca havia pensado nisso antes.

Apresentação pessoal

Com relação aos trajes, homens devem vestir terno com cores neutras e gravatas discretas. Mulheres podem optar por tailleurs. É aconselhável evitar saias e vestidos curtos, roupas com estampas extravagantes, decotes exagerados, excesso de perfume, maquiagem e brincos muito grandes. O profissional não pode esquecer que a primeira impressão é a que fica.

Cuidados

- Desligue o celular antes da entrevista.

- Mantenha postura adequada (não se debruçar sobre a mesa nem inclinar o corpo para trás, como se estivesse deitando na cadeira).

- Não mascar chiclete.

- Evite demonstrar ansiedade e interromper o entrevistador desnecessariamente com perguntas como: "Posso vir trabalhar de jeans?" ou "Fui bem na entrevista?"

Por fim, vale lembrar que a entrevista é a etapa principal que antecede a contratação, por isso, informe-se sobre a empresa, repense sua carreira e prepare-se. Lembre-se que é hora de vender o seu melhor produto: você.

*Érika Migliano é Psicóloga e Especialista em Recursos Humanos




   

Seu nome:

Seu e-mail:

Nome destinatário:

E-mail destinatário:

Mensagem:




Todos os direitos reservados à Ricardo Xavier Recursos Humanos®
A reprodução, parcial ou total, do conteúdo deste site é permitida, bastando mencionar a fonte.