Página principal / Artigos

07/10/2016

Emoticons e o Homem de Neandertal

João Xavier



Em meio a tanta evolução tecnológica voltamos a nos comunicar por sinais! Antes de dominarmos a escrita usávamos desenhos, símbolos e sinais para nos comunicar, agora que temos grande domínio da comunicação escrita voltamos a usar símbolos?

Deixo no Facebook e nas minhas mensagens do WhatsApp “pinturas” indicando o que estou fazendo no momento, ícones indicando meu estado emocional e imagens que confirmam minhas preferências.

Enfeito as paredes dos meus blogs e fan pages, do mesmo modo que o homem primitivo escrevia nas páginas de sua caverna.

Esses ícones, imagens, “pinturas” são conhecidos como emoticons. Eles dominaram a comunicação nos meios eletrônicos. Emoticon é uma junção das palavras emotion e icon, portanto trata-se de um ícone de emoção, nascido da nossa necessidade de expressar emoções.

Tudo começou no e-mail com ; – ) :-() :- ( que rapidamente entendidos pelos programadores os transformaram em interessantes figurinhas piscando, sorrindo e triste.

Depois, com o advento dos programas de comunicação, como icq, Messenger e WhatsApp, a coisa ganhou maior profissionalismo, chegando a seu auge com os emoticon e emoji que conhecemos hoje.

Os amantes da literatura podem dizer que os grandes autores sempre conseguiram imprimir suas emoções usando apenas palavras – daquelas aveludadas, aladas ou mesmos aflitas, sombrias: concordo! lindo! Mas, como passar emoção com palavras se não com o uso de metáforas? E o que é uma metáfora se não uma figura de linguagem.

Mas não pretendo propor uma comparação entre a literatura e a linguagem coloquial da internet, mas sim saudar a transformação da comunicação que, como qualidades: vejo a praticidade e acessibilidade, e como defeito: os problemas com a interpretação e o anacronismo.

Quero alertar para o fato de que a “regra” é a mesma, independente se a comunicação se der por palavras (oral ou escrita) ou com emoticons: o emissor codifica a mensagem e o receptor terá que decodificá-la, transmitindo o sentido ou o significado desejado pelo emissor. Portanto, se é verdade que uma imagem vale mais do que mil palavras, também é verdade que mil palavras geram mais significados do que uma.




   

Seu nome:

Seu e-mail:

Nome destinatário:

E-mail destinatário:

Mensagem:




Todos os direitos reservados à Ricardo Xavier Recursos Humanos®
A reprodução, parcial ou total, do conteúdo deste site é permitida, bastando mencionar a fonte.