Página principal / Artigos

29/09/2014

Você é realmente proativo?

João Xavier



Se perguntarem a você em um entrevista quais são suas três principais qualidades, qual seria sua resposta? Muito provavelmente a pró-atividade estaria entre elas, esta é a que mais escuto nas entrevistas que faço.

Mas afinal, o que é ser proativo? Acredito que haja um descolamento entre o significado formal da palavra e o que estamos entendo na prática. De acordo com os dicionários Aurélio e Houaiss, proativo é aquele que antecipa futuros problemas, mudanças ou necessidades; que age antes; que antecipa – portanto, proativo é aquele que previne.

Acontece que as pessoas estão usando o termo proativo para definir aquele que age rapidamente ou que está sempre disposto, de prontidão - alerta. Esta compreensão popular é perigosa, pois pode descrever ou passar uma imagem para o recrutador de uma pessoa impulsiva ou estabanada, que age primeiro para depois pensar nas consequências.

Diante disso, a pró-atividade pode ser uma qualidade ou um defeito. Se utilizada com domínio do que se faz e do que se almeja alcançar, é uma atitude inerente às pessoas que buscam ser eficazes. Mas quando utilizada fora de contexto ou sem um objetivo específico, pode não trazer o resultado esperado.

Para o bom uso da pró-atividade, tenha em mente duas coisas:

1) Ninguém consegue ajudar quem não quer ser ajudado. Quando agimos pró-ativamente em favor de alguém que não quer ajuda (seja por orgulho, ignorância ou mesmo por não querer atrapalhar), nossa ação acaba por prejudicar ao invés de ajudar.

2) Concentre-se no objetivo final. Para não errar, analise sempre suas (pró) atividades sob o ponto de vista do alcance da meta final – se eu fizer isso, vai nos deixar mais próximos da meta?

Portanto, a partir de hoje, quando disser que é proativo, acrescente: no sentido de estar atento para antecipação de problemas, de modo a preveni-los ou solucioná-los com maior rapidez.

João Xavier é Engenheiro Agrônomo, Coach e Diretor Geral da Ricardo Xavier Recursos Humanos.

Artigo publicado no Olhar Digital em 12 de setembro de 2014.


   

Seu nome:

Seu e-mail:

Nome destinatário:

E-mail destinatário:

Mensagem:




Todos os direitos reservados à Ricardo Xavier Recursos Humanos®
A reprodução, parcial ou total, do conteúdo deste site é permitida, bastando mencionar a fonte.